As pessoas que recebem as minhas mensagens de correio eletrónico com ficheiros anexados dizem que não os conseguem abrir ou que o seu nome é diferente do indicado no texto. O mesmo passa-se com os ficheiros que coloco no SIGARRA . Enviei um "e-mail" para mim mesmo mas não consigo replicar a situação. Qual será a causa?


O que descreve pode ter diversas causas. As mais comuns são:

  • configuração incorreta dos clientes (e/ou servidores) de correio eletrónico - no destino, na origem e/ou intermédios;
  • o SO (Sistema Operativo) de destino não suportar os carateres utilizados no nome do ficheiro;
  • existir, no destino, um limite em relação ao número de carateres utilizável na denominação de ficheiros e de pastas.

Dado, em grande parte dos casos, não se saber à partida qual o SO e programas utilizados na cadeia de comunicação:

  • utilize apenas letras minúsculas não acentuadas e algarismos (i.e., a-z e 0-9), iniciando o nome com uma letra;
  • na separação de palavras utilize o hífen ( - ) ou o underscore ( _ ) - este último é menos propenso a problemas mas é menos cómodo de escrever;
  • use nomes curtos (mas com significado);
  • confirme a existência da extensão adequada no nome do ficheiro (alguns SO exigem a sua presença);
  • se possível, entre em contacto com o destinatário para acordar (p.ex.) o formato, denominação e dimensão dos anexos a enviar.

Exemplos

ficheiro-demonstracao-20091215.png

ficheiro_demonstracao_20091215.png

ficheirodemonstracao20091215.png

v. 1.2 . 2011-12-04

Etiquetas: anexo, correio eletrónico, e-mail, nome de ficheiro / pasta
2011-12-05 11:08 SERU - Fernando Monteiro {writeRevision}
Avaliação média: 0 (0 Avaliações)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Registos nesta categoria

Etiquetas

Permanentes