A tecnologia de proximidade (RFID) do cartão U.PORTO é atualmente utilizada para permitir o acesso a algumas funcionalidades. Em termos técnicos como é concedida a permissão?


Cada cartão U.PORTO possui um chip RFID-MIFARE com um número de série único. É este n.º de série que, depois de identificado, validado, conferido e associado ao portador do cartão na aplicação, gere determinada funcionalidade (ex. assiduidade, impressão, etc.).

A substituição do cartão U.PORTO do portador implica obrigatoriamente outro n.º de série e, logo, uma nova associação ao utilizador, pelo que este deve (sempre) informar os gestores sobre as funcionalidades que usufrui.

Etiquetas: cartão U.PORTO, número de série RFID, tecnologia de proximidade RFID
2011-08-09 11:08 SERU - Ricardo Faria {writeRevision}
Avaliação média: 3 (1 Avaliação)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Registos nesta categoria

Etiquetas

Permanentes