Quais as siglas que devem ser utilizadas no lançamento de resultados?


Todos os estudantes têm de ter um resultado no termo final que poderá ser um resultado quantitativo, de zero (0) a vinte (20), ou qualitativo. Os resultados qualitativos aceites pelo sistema são os que este apresenta na nota informativa identificada pela caixa azul com a letra "I” no formulário para o lançamento do termo:

Outras tipologias para o lançamento de resultados, quando aprovadas pela Universidade, são incluídas no SIGARRA e este aceita-as no lançamento de resultados do termo quando estas novas tipologias aparecem na nota informativa supracitada do próprio sistema.

 

 

Apresenta-se em seguida o significado de algumas destas tipologias:

  • F – Faltou: aplica-se quando o estudante obteve frequência mas faltou à avaliação. A partir do ano letivo 2013/14 este resultado passará a registar-se através da sigla FT - Faltou (avaliação);
  • RA - Reprovado por anulação: usado apenas quando o teste/exame é anulado por fraude detetada, em presença, pelo docente;
  • RD - Reprovado por desistência: deve ser usado nos casos dos estudantes que se apresentaram a avaliação mas desistiram desta;
  • RFC - Reprovado por falta de componente: deve ser usado apenas nos casos em que foram exigidas classificações mínimas para as (todas ou algumas) componentes de avaliação;
  • RFE- Reprovado por falta de comparência ao exame: deve ser usado apenas quando o exame é componente obrigatória da avaliação e o estudante faltou;
  • RFF - Reprovado por falta de frequência: deve ser usado apenas nos casos em que a frequência foi definida na ficha da uc como condição para avaliação;
  • RFR - Reprovado por fraude: usado quando um docente verifica na correção da prova escrita do estudante, com factos ou dados objetivos, que o estudante copiou (de livro/artigo ou de outro colega) e considera essa “cópia” é um elemento evidente que põe em causa a seriedade do conhecimento do estudante, impedindo a atribuição de uma classificação final que ateste os conhecimentos deste. De notar que esta decisão do docente, enquadrada no âmbito da sua autonomia pedagógica, não significa o poder de aplicação de uma sanção de tipo disciplinar, mas apenas o legítimo direito de uso das suas capacidades de avaliação da qualidade dos conhecimentos do estudante. Se o docente considerar que essa “cópia” tem uma gravidade que vai além do seu poder de avaliação de conhecimentos, deverá reportar o caso ao diretor da UO, para que este, legitimado para tal, desencadeie o necessário processo de averiguações que poderá, ou não, conduzir a um processo disciplinar.
  • RFF – Reprovado por faltas (esta tipologia já não deve ser utilizada e será descontinuada);
  • EX – Excluído (esta tipologia já não deve ser utilizada e será descontinuada).

A classificação final do grau de doutor vigente na U.Porto é de “aprovado” ou “aprovado com distinção”. A unanimidade ou a maioria dos votos não são classificações, constituem apenas formas de decisão do júri sobre a classificação final. As tipologias de resultados que o SIGARRA apresenta neste caso são:

  • A – Aprovado;
  • AD – Aprovado com distinção;
  • REC - Recusado.
Etiquetas: lançamento de resultados, resultados
2013-01-31 14:44 DUD-GI - Letícia Sousa Monteiro da Silva {writeRevision}
Avaliação média: 0 (0 Avaliações)

Não pode comentar este artigo

Chuck Norris has counted to infinity. Twice.

Registos nesta categoria

Etiquetas

Permanentes